Conheça a UGG – Grife marcada pelo luxo e controvérsia

Capa do post sobre a marca de botas Ugg
  banner ação pre-halloween  

A UGG conseguiu se tornar uma marca referência em conforto e luxo, algo extremamente desafiador dentro da indústria da moda. Isso aconteceu por causa das suas botas de cano alto, forradas com lã de ovelha e couro de carneiro e que conquistaram celebridades e consumidores do mundo da moda ao redor de todo o globo.

Essas peças são ideais para os dias frios, pois além de serem quentinhas, são incrivelmente confortáveis. Há quem as compare até mesmo com pantufas. De qualquer forma, essas botas estão entre os itens mais desejados do universo fashion.

Você conhece a história da marca que revolucionou o conceito de conforto? Confira a seguir.

O surgimento do modelo UGG

Ainda não se sabe ao certo o país onde foram criadas as botas desse estilo. A Austrália e a Nova Zelândia disputam entre si por esse reconhecimento.

Uma das histórias acerca dessa bota conta que um tipo semelhante de calçado passou a ser popular entre os surfistas australianos que participavam de competições nas praias da Baía de Byron, vestindo-os entre as baterias para se aquecerem.. Esses sapatos eram feitos de couro de carneiro e forrados com lã de ovelha.

A Baía de Byron fica localizada na costa leste do continente australiano, onde conta com mares de águas cristalinas, com pontos estratégicos e muito atrativos para a prática de surfe.

Essa região foi descoberta pelos praticantes desse esporte entre as décadas de 1960 e 1970. Durante as temporadas de competições, o local ficava repleto de surfistas que, durante sua estadia, buscavam maneiras de manter seus pés quentes e secos.

A Austrália é um importante produtor de couro de carneiro e lã de ovelha. Pensando nisso, os surfistas teriam passado a desenvolver botas artesanais que fossem eficazes em manter os seus pés protegidos da umidade.

Outra história envolve tosquiadores, que teriam criado essas botas para impedir que os seus dedos dos pés congelassem durante as suas jornadas de trabalho.

Há também teorias acerca do nome da marca, que teria surgido em analogia à palavra “ugly”, que significa “feio” em inglês, devido a sua aparência controversa.

Há uma teoria que conta que durante a Primeira Guerra Mundial, os pilotos australianos usavam “uggs voadoras”. Seriam botas de couro de carneiro com canos longos que iam até acima do joelho, para que assim evitassem que suas pernas congelassem nas cabines despressurizadas dos aviões da época.   

A marca UGG

A história da marca que fez fama investindo nesse modelo inusitado de calçados teve início em 1978, com a chegada do surfista australiano Brian Smith à costa sul do estado da Califórnia, nos Estados Unidos.

O jovem esportista levou algumas dúzias das botas feitas de couro de carneiro com o intuito de vendê-las aos surfistas locais. Ele acreditava que isso seria um grande modelo de negócio devido ao estilo de vida relaxado e casual dos moradores daquela região do país americano.

Ele estava certo: os exemplares que levou em sua mala foram vendidos rapidamente. Foi com apenas 500 dólares iniciais que Smith fundou a marca UGG® AUSTRALIA e iniciou seu negócio.

As botas caíram quase que instantaneamente no gosto dos surfistas californianos, e dessa forma a marca se estabeleceu inicialmente como uma marca masculina.

Já em meados dos anos 1980, a UGG se tornou um símbolo do estilo de vida e da cultura da Califórnia, e ganhou espaço em lojas de surfe e em outros estabelecimentos ao longo de toda a costa do estado, desde San Diego e San Francisco até Santa Cruz. Logo o público feminino também passou a usar as botas.

Foi apenas uma questão de tempo até que as botas da UGG tomassem conta do mercado para além dos territórios praianos, surgindo aos poucos em grandes e pequenas cidades ao longo dos Estados Unidos.

Elas passaram também a ser comercializadas em lojas de artigos de esqui, o que foi uma porta de entrada para que se tornassem uma grande tendência nas estações de esqui mais visadas pelo turismo, como Aspen e Vail, ambas localizadas no estado do Colorado.

O lançamento da UGG no mercado de luxo

Com um crescimento incrível, a empresa alcançou no ano de 1995 o faturamento em vendas de 18 milhões de dólares. Isso chamou a atenção da Deckers, empresa de comércio de sandálias, que veio a comprar a UGG® AUSTRALIA para a partir de então transformá-la em uma marca de calçados de luxo.

Até 1998, as coleções da UGG eram compostas por duas opções de botas (cano alto e cano baixo) e quatro modelos de chinelos, além de alguns modelos de calçados casuais.

Nessa época, a empresa começou a investir fortemente em estratégias de marketing e na distribuição de suas peças para lojas selecionadas. A principal ideia por trás disso era fazer com que a marca se tornasse mais conhecida entre os consumidores de alto poder aquisitivo.

Logo as botas UGG já estampavam as páginas das revistas de moda mais emblemáticas do ramo fashion. Isso contribuiu para que elas se tornassem populares nas cidades mais antenadas do mundo, aparecendo nas ruas de Nova York, Londres e Amsterdã.

A transformação das últimas décadas

Foi a partir da década de 2000 que a história da empresa UGG passou a percorrer um trajeto promissor dentro do mercado de marcas de luxo. Isso aconteceu depois que as suas botas caíram no gosto de celebridades com grande influência no mundo da moda.

Um dos marcos mais importantes para que isso se tornasse realidade foi quando Oprah Winfrey, uma das maiores apresentadoras da TV americana, declarou em seu programa o seu amor por suas botas UGG.

Logo em seguida as peças já passaram a compor o look de celebridades como Cameron Diaz, Kate Hudson, Sarah Jessica Parker e até mesmo da rockstar Avril Lavigne, o que comprovou o poder das botas de agradar diversas tribos diferentes.

As botinhas ao redor do mundo

Foi depois da fama conquistada pela UGG entre as celebridades, que surgiu a polêmica com as fabricantes das chamadas “uggs genéricas” na Austrália.

As botas já eram produzidas há décadas por um pequeno segmento industrial no país da Oceania. Porém essa imagem caseira criou um grande contraste com a imagem sofisticava das botas que a empresa se empenhava em cultivar nos Estados Unidos.Mesmo com esse desentendimento, as botas UGG se tornaram um ícone fashion de destaque no mundo todo, e a partir de 2004 passaram a ser uma presença constante nas passarelas de moda de Milão, Paris e Nova York.

Em 2006, a empresa começou a inaugurar suas primeiras lojas próprias, marcando presença principalmente em Nova York e Tóquio, mas também ganhando espaço nos mercados europeu e asiático.

Uma parceria com o famoso estilista Jimmy Choo foi feita em 2009, o que gerou um verdadeiro frenesi no universo da moda e gerando um boost nas vendas da UGG.

A UGG continuou inaugurando novas lojas nos anos seguintes, em cidades como Honolulu, Chicago e San Francisco. O contraste dessas luxuosas e conceituadas boutiques era enorme em relação às lojas de família e postos de gasolina na Austrália que ainda comercializavam as “uggs genéricas”.

Atualmente, a UGG está presente em mais de 100 países do mundo, e possui mais de 150 lojas próprias, além de marcar presença em renomadas lojas de departamento. Seu faturamento de 2015/2016 foi de 918 milhões de dólares.

Maestria em inovar e surpreender

Se engana quem pensa que a UGG se manteve restrita apenas aos modelos de botas lançados inicialmente. Com o passar dos anos, a marca diversificou bastante a sua linha de produtos, investindo no lançamento de calçados infantis, sapatilhas, botas de couro, pantufas, sandálias, sapatos casuais, meias, luvas, gorros, bolsas e até mesmo uma linha de roupas.

Em 2013, um grande e ousado passo foi dado por parte da marca, que lançou a sua primeira linha Home, composta por itens domésticos como travesseiros, cobertores, tapetes e demais peças desse segmento, sempre com a qualidade e conforto diferenciados que se tornaram a principal marca registrada da empresa.

Uma nova geração do seu modelo tradicional de botas foi lançado em 2016, batizada de Classic II. Com tecnologia aprimorada, esse lançamento fornece maior tração e amortização para quem a veste, além de também repelir melhor a água. Essa peça é mais confortável, leve e durável do que era inicialmente.

Há também uma loja especial que pode ser encontrada no complexo Disney Springs, em Orlando. Lá, os admiradores da marca podem encontrar coleções exclusivas, inspiradas em personagens da Disney.

Que as botas UGG conquistaram um enorme sucesso, isso é inegável. No entanto, elas representam uma das maiores polêmicas dentro do universo da moda. Na contramão de quem ama o conforto oferecido pelo modelo e defenda-o incondicionalmente, há também quem argumente que a peça é muito cara e proporciona desarmonia à silhueta do corpo devido ao seu design.

De qualquer forma, é inegável que essas botinhas se tornaram queridas por muitas pessoas ao redor do mundo, e se tornaram um fenômeno importante dentro do segmento mundial de calçados.

  banner ação pre-halloween  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here