Quais as marcas mais famosas de bolsas femininas?

Capa do post sobre marcas de bolsas queridas
  banner super sale dia dos pais 2021  

A bolsa é um acessório indispensável para as mulheres. A usamos para levar nossos pertences para qualquer lugar que vamos. Seja em um modelo maior para o dia-a-dia ou um menor para sair a noite, a bolsa é um item preciso.

Bolsas de marcas de luxo são um objeto de desejo para muitas. Marcas como Chanel, Louis Vuitton e Prada são nomes conhecidos por suas bolsas icônicas e atemporais, além de serem referência em estilo e alta qualidade. Você já se perguntou quais sãos as marcas de bolsas femininas de maior sucesso?

Confiram mais sobre as marcas mais famosas de bolsas femininas do mundo:

Louis Vuitton

A maison Louis Vuitton foi fundada por Louis Vuitton em 1854 na França.

Tudo começou quando o jovem Louis, com apenas 16 anos de idade, decidiu viajar para Paris a pé (uma distância de aproximadamente 400km de sua cidade natal, uma pequena aldeia na região de Jura) com o objetivo de aprender em dois anos como trabalhar com madeira.

Passou-se um tempo e Louis foi contratado como aprendiz por Monsieur Maréchal, um fabricante de baús de viagem que tinha como clientela a alta sociedade parisiense, que usavam os objetos para transportar seus pertences em suas mudanças e deslocamentos pelo país.

Bolsa Louis Vuitton Speedy

Muito trabalhador e visionário, Louis Vuitton se dedicou ao máximo à função e tentou criar algo que fosse diferente, útil, prático e bonito para se diferenciar dos produtos já oferecidos, conceito que foi pioneiro para época. Sua vida mudou para sempre em 1851, quando era levado ao Palais des Tuilleries para embalar as bagagens da Imperatiz Eugênia todas as vezes que o Imperador Napoleão III viajava.

Três anos mais tarde, em 1854, o francês decidiu inaugurar a Maison Louis Vuitton Malletier no número 4 da Rua Neuve dês Capucines, localizada no centro de Paris, próximo à icônica Praça Vendôme. Sempre com o objetivo de trazer inovações para suas mercadorias, a primeira ideia inovadora foi a de criar um tecido que fosse altamente resistente e revestido (uma lona encerada impermeável, surgindo assim o conceito de “malas a prova d’água”) para ser o substituto do couro.

Vuitton criou um tecido menos restrito do que a pele natural e com cheiro mais agradável (já que as na época, as malas de viagem eram conhecidas por terem mau odor). Além da mudança de tecido, o estilista também começou a revestir os cantos dos baús com canteiras de madeira, tornando-os mais resistentes.

Bolsa Louis Vuitton Alma Monograma

Ao passar dos anos, não foram apenas as malas inovadoras que fizeram a Louis Vuitton a marca de luxo mais valiosa do mundo. As bolsas da marca possuem design elegante e sofisticado, além de serem confeccionadas com materiais de alta durabilidade, podendo serem usadas por muitos anos e serem passadas de geração para geração.

Um dos modelos de maior sucesso é a Speedy, criada por Georges Vuitton (filho do fundador da marca) em 1933 como uma versão menor da icônica mala Keepall. O modelo se tornou muito popular nos anos 60, quando Audrey Hepburn usou o tamanho 25 da bolsa.

Ao decorrer dos anos, inúmeros modelos de bolsas inovadores e icônicos foram lançados como a Neverfull, Alma, Capucines, Artsy e a Pochette Acessories, tornando a Louis Vuitton uma marca referência no setor de bolsas de luxo.

Gucci

A marca Gucci foi fundada pelo italiano Guccio Gucci em Florença em 1921.

Guccio trabalhou como maitrê no famoso hotel Savoy, localizado em Londres, ainda na virada do século 19. No ano de 1921, acabou retornando para Florença e abriu sua primeira loja, utilizando todas as economias que conseguira guardar enquanto trabalhava em Londres.

Ele começou a vender acessórios de viagens (malas e valises de alto padrão), sempre feitos em couro de alta qualidade que vinham da região de Toscana, confeccionados pelos melhores artesãos da cidade, incluindo membros de sua própria família. Sua modesta loja era um reflexo de seu próprio estilo: elegante e impecável, e não demorou muito para que chamasse a atenção da alta burguesia e nobreza florentina.

Bolsa Gucci Dionysus

Com o grande sucesso, a Gucci ultrapassou as fronteiras da cidade e se impôs como uma das marcas mais conhecidas e preferidas da elite italiana. Assim que suas vendas cresceram, Guccio pode abrir uma pequena oficina para começar a confeccionar seus próprios produtos. Alguns anos mais tarde, em 1937, a maca inaugurou uma fábrica maior em Lungarno Guicciardini.

Nos anos seguintes, o sucesso da marca italiana era estrondoso em todo o mundo e suas bolsas, artigos de viagens, acessórios e sapatos eram artigos de desejo de milhares de pessoas.

A primeira bolsa da marca foi lançada em 1947, marcando o início de seu sucesso do ramo das bolsas. O modelo consistia na icônica bolsa com alça de bambu japonês, a novidade de usar este material em acessórios foi fruto de uma ideia original de Guccio para contornar a escassez de materiais causada pea Segunda Guerra Mundial e se tornou um imenso sucesso mundo a fora.

Bolsa Gucci Libelula

Décadas mais tarde, a Gucci continua a ser uma das marcas referências no mercado de luxo com inúmeros modelos de bolsas que se tornaram as queridinhas de mulheres ao redor do planeta, incluindo celebridades e fashionistas. Modelos como Soho, Jackie, Dionysus e Marmont estão dentre as bolsas mais icônicas e de sucesso da marca.

Prada

A marca Prada foi fundada por Mario e Martino Prada em 1913 em Milão, com o nome de Fratelli Prada (Irmãos Prada em tradução livre).

Os irmãos abriram sua primeira loja na prestigiada Galleria Vittorio Emanuele II em 1913, onde vendiam e produziam exclusivos acessórios de luxo, como malas de viagem, bolsas e acessórios em couros especiais e diferenciados, como couro de leão marinho, que era importado da Inglaterra.

A marca ganhou grande notoriedade por seus artigos de alta qualidade e luxo e já em 1919, a loja em Milão virou a favorita da realeza e aristocracia italiana. Além de ser apontada como fornecedora oficial da Família Real Italiana.

Bolsa Prada

Em 1978, Miuccia Prada, neta de um dos fundadores, assumiu o comando da empresa junto com seu futuro marido, Patrizio Bertelli, em um momento em que o status da mesma já não era o mesmo.

Miuccia e Patrizio então introduziram produtos inovadores e contemporâneos, o que fez com que a Prada voltasse a ter o reconhecimento que sempre teve: produtos de alta qualidade, elegantes, sofisticados e luxuosos.

A ascensão da Prada se deu no início da década 1980, com o lançamento uma bolsa preta com design de linhas básicas. O modelo se tornou febre entre atrizes e celebridades, levando o nome da marca para um público mais amplo e cheio de glamour, fazendo então, mais uma vez que fosse uma marca referência no mercado de luxo.

Bolsa Prada Galleria

A introdução de acessórios confeccionados em nylon, principalmente bolsas e mochilas, foi a grande sacada de Miuccia, que criou peças que se tornaram queridinhas entre as mulheres por juntarem a beleza com a praticidade.

Ao longo de seus mais de 100 anos de existência, a marca italiana lançou diversas bolsas que se tornaram icônicas, especialmente o modelo Galleria, confeccionado no tradional couro saffiano (que se tornou referência da Prada), os modelos confeccionados em Nylon e a Cahier.

Chanel

Uma das marcas mais conhecidas do mundo, a Chanel foi fundada por Gabrielle Chanel em 1910.

Antes de abrir sua primeira loja, Gabrielle trabalhou como balconista em uma loja de tecidos (onde aprendeu a profissão de costureira e manejar a agulha com perfeição) e no Café Beuglant de la Rotonde.

Com grande ambição de crescer na vida, Chanel começou a se envolver com homens ricos que podiam lhe ajudar. Seu envolvimento com o oficial da cavalaria Etienne Balsan a levou à Paris e a inseriu na alta sociedade da capital francesa. Com a ajuda do cobiçado playboy inglês Arthur Capel, conseguiu abrir sua primeira loja em 1910.

Bolsa Chanel Preta

O caminho para o sucesso não foi fácil. Chanel teve de enfrentar a sociedade machista do século XX, e uma mentalidade onde as mulheres não tinham muito espaço na sociedade. No começo de sua carreira na moda, vendia elegantes chapéus femininos e acessórios. A loja era localizada na região da Balsan, ponto de encontro de burgueses e políticos franceses, o que deu grande vantagem e oportunidade para Gabrielle vender seus sofisticados chapéus.

Com um estilo simples, sem adorno e flores, seus chapéus conquistaram as damas parisienses que frequentavam o jóquei clube da cidade. Chanel gostava de ousar em seus trajes, misturando peças femininas e masculinas, o que incomodava os homens da sociedade (e fato que a incentivou a se dedicar à costura). Arthur viu em Coco uma futura mulher de negócios, e a ajudou a comprar um imóvel no prestigiado endereço 21 Rue Cambon.

A marca ficou conhecida por revolucionar a moda feminina, Coco Chanel confeccionava roupas esportivas femininas como, por exemplo, blusas com golas rolês, que tinham inspiração nos marinheiros e eram feitas de malha e tricô. Além disso, foi responsável pela criação e o sucesso de inúmeras peças, como aquelas confeccionadas em jérsei, cardigãs, tailleurs em tweed, saias plissadas, vestidos em cortes retos em sem mangas, e, é claro, o famoso vestido pretinho básico.

Bolsa Chanel Double FlapAlém de suas roupas revolucionárias que estavam a frente de seu tempo, a marca deve seu estrondoso sucesso ao redor do mundo à suas bolsas, que seguem o estilo da maison e de sua criadora e possuem um design clássico, minimalista e atemporal.

Uma das mais icônicas é o modelo 2.55, lançado em Fevereiro de 1955 pela estilista francesa. Assim como suas roupas, a bolsa revolucionou o guarda roupa feminino por possuir alças em correntes, deixando assim as mãos livres e sendo muito prático. O sucesso foi tanto que anos mais tarde, Karl Lagerfeld decidiu recriar o modelo tão icônico, nascendo assim a Double Flap, a bolsa mais conhecida da marca.

Ao longo das décadas, tradicional marca lançou inúmeros modelos de bolsas que, ao longo da 2.55 (também chamada de Reissue) e da Double Flap se tornaram o objeto de desejo de milhares de mulheres ao redor do mundo, como a WOC, Boy, Shopper, entre outras.

Fendi

A marca Fendi foi fundada por Adele Casagrande em 1925 em Roma.

Adele, primeiramente, abriu uma pequena loja de artigos de couro na Via Del Plebiscito em Roma em 1918, onde vendia e fabricava bolsas de couro macio com refinamento de formas, texturas e minuciosos acabamentos de fechos e fivelas, além de sacolas de verão feitas com tiras de lona.

Em 1925, após se casar com Edoardo Fendi, o casal decidiu mudar o nome da loja para Fendi, nascendo assim a icônica marca. A marca rapidamente se tornou um sucesso, pois estavam no período pós-primeira guerra mundial e a classe média italiana estava voltando a ter hábitos de consumo.

Bolsa Fendi By The WayEm 1946, a segunda geração da família Fendi começou a ingressar nos negócios da família, tendo as cinco filhas do casal em diferentes departamentos da marca. As talentosas irmãs implantaram ideias modernas e criaram linhas arrojadas de produtos e fizeram com que a marca ganhasse ainda maior notoriedade no mercado de produtos de luxo.

Karl Lagerfeld entrou como diretor criativo da marca em 1965, posto que ocupou por 54 anos até sua morte neste ano. A entrada de Karl para a Fendi trouxe o grande sucesso internacional da marca. O estilista além de apresentar novas leituras dos produtos já existentes da marca, criou o famoso e icônico logo com o duplo F invertido, chamado de Zucca quando grande e Zuccino quando pequeno.

O grande sucesso de suas bolsas se deu em 1968 quando Marvim Traub (então presidente da famosa loja Bloomingdale’s) comprou uma coleção completa da marca e dedicou um espaço por completo em sua loja da 5ª Avenida, localizada nem Nova Iorque, fato que fez com que a Fendi passasse a ser requisitada por diversas outras lojas de departamento.

Bolsa Fendi 2Jours Vermelha

Uma das grandes responsáveis por diversos modelos icônicos de bolsas da Fendi é Silvia Venturini Fendi (neta de um dos fundadores da marca), que começou a trabalhar na direção artística da marca, especialmente na divisão de acessórios, em 1994. Silvia criou a icônica bolsa Baguette, que se tornou objeto de desejo de milhares de mulheres nos anos 2000 após aparecer na série televisiva Sex and The City.

Nos próximos anos, a marca italiana lançou diversos modelos de bolsas que se tornaram referência, como a charmosa Peekaboo e modelos mais clássicos e tradicionais como a 2Jours, 3Jours e a moderna By The Way. Atualmente, a Fendi é um dos grandes nomes do mercado de luxo, reconhecida por seus produtos inovadores e da mais alta qualidade.

Christian Dior

A marca Christian Dior foi fundada pelo francês Christian Dior em 1946.

Antes de ingressar no mundo da moda, Christian estudou Ciências Políticas, por influência de seu pai, com intuito de seguir carreira diplomática. Após se formar, viajou pela Europa e, em 1928, abriu uma galeria de arte em sociedade com o amigo Jacques Bonjean. Mas a dupla foi forçada a fechar sua galeria devida a crise econômica mundial de 1929.

Em 1935, após se recuperar de uma doença, Christian começou a desenhar croquis para o jornal Figaro Illustre, que os publicava na sessão de alta costura. Após ter sucesso e vender alguns de suas criações, Dior desenvolveu croquis para algumas Maisons de Paris, além de trabalhar com Robert Piguet e, posteriormente, Lucien Lelong.

Bolsa Dior Saddle

Em 1946, Christian Dior conseguiu abrir sua própria maison, a The House of Dior, com a ajuda financeira do magnata Marcel Boussac. A marca trouxe novos conceitos de moda feminino com criações que possuíam ombros arredondados e à mostra, cinturas acentuadas, saias rodadas e vestidos suntuosos e fartos, que tinham inspiração a moda da segunda metade do século 19.

Três anos após a inauguração da marca, em 1949, a Dior já era responsável por mais de 5% das exportações francesas e já possuía uma loja na renomada 5ª Avenida em Nova Iorque, além de estar bem estabelecida para assinar contratos de licenças com empresas amerianas.

Bolsa Lady Dior Rosa

Além de suas roupas sofisticadas, elegantes e femininas, a Dior também ficou e ainda é conhecida por suas magníficas bolsas. Um dos modelos mais icônicos da marca e um de seus maiores sucessos é a Lady Dior, que foi lançada em 1994 com o nome Chouchou, mas foi, posteriormente, renomeada em 1996 em  homenagem a Princesa Diana, que foi vista usando a bolsa diversas vezes.

Com mais de 70 anos de história, a Christian Dior é conhecida por seu estilo feminino, sofisticado e luxuoso. A marca detém inúmeras bolsas de sucesso, que se tornaram icônicas e atemporais, como a Saddle (grande sucesso dos anos 2000 que voltou a ser queridinha das fashionistas), Diorever e a Diorama.

Todas as marcas possuem histórias incríveis, além de bolsas que se tornaram clássicas e icônicas. Qual a sua favorita? Nos contem nos comentários!

No Etiqueta Única vocês encontram as principais marcas de luxo de bolsas do mundo com até 80% de desconto!

  banner super sale dia dos pais 2021  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here