Nicole Miller – a história e o estilo dessa marca de luxo

Nicole Miller
  banner bolsas etiqueta unica  

Nicole Miller é nada mais nada menos do que um dos maiores nomes contemporâneos quando o assunto é design de moda. A empresária americana se destaca na indústria por possuir uma estética reconhecida pela modernidade de estampas diversas e padrões brilhantes.

Seu estilo irreverente de roupas tem sido usado por celebridades como Angelina Jolie, Joss Stone, Jennifer Aniston, Beyoncé, Blake Lively e Eva Longoria, entre outras estrelas influentes no universo fashion.

Atualmente, suas peças são comercializadas em mais de 20 boutiques espalhadas por todo o território dos Estados Unidos, além de estarem presentes também em algumas multimarcas. Confira a seguir a história inspiradora dessa grande empresária e estilista.

A história da estilista Nicole Miller

Nicole Miller nasceu em 1952, na cidade de Fort Worth, no estado americano do Texas. Frequentou a Rhode Island School of Design (Escola de Design de Rhode Island), onde ganhou um BFA (Bachelor’s Degree in Fashion, ou bacharelado em moda, em tradução livre para o português) em Design de Vestuário.

Nicole Miller

A americana também estudou por um ano em L’Ecole de la Chambre Syndicale de la Couture Parisienne, na França, onde aprendeu a trabalhar com diversos tipos diferentes de tecidos, além de estudar técnicas clássicas de costura.

Miller relata que esse treinamento em Paris foi muito importante para a sua formação, pois foi dessa forma que ela aprendeu a manipular tecidos, o que veio a se tornar uma assinatura inconfundível e incomparável de seus projetos.

Seu pai era engenheiro elétrico, e Miller reconhece que o trabalho do pai a influenciou bastante. Ela atribui sua habilidade para criar roupas à mente de engenheiro de seu pai. “A maneira que você descobre como fazer algo é engenharia”, ela disse certa vez.

A mãe de Miller também teve importante interferência na formação da estilista. Nascida em Paris, ela não se identificava com o estilo de vida americano, e criou suas filhas sob a influência da cultura e moda francesas.

Essas experiências possibilitaram que Miller combinasse uma perspectiva peculiar de mundo a ricos conhecimentos artísticos e a diversas técnicas de costura, o que ajudou a formar o seu estilo e visão de moda únicos e peculiares.

Seu primeiro emprego de importância na área foi um estágio com o estilista Clovis Ruffin, em Nova York. Posteriormente, ela trabalhou como designer-chefe na fabricante de roupas P.J. Walsh, onde foi contratada pelo presidente Bud Konheim.

View this post on Instagram

That’s a wrap! #nmfall2018

A post shared by Nicole Miller (@nicolemillernyc) on

Anos mais tarde, Konheim disse que uma das razões para ter contratado a jovem foi por acreditar que design e negócios podem ser uma combinação bem-sucedida.

Atualmente, Miller mora com o marido Kim e seu filho Palmer em Nova York. Aos finais de semana, a família viaja para sua casa no campo no vilarejo de Sag Harbor.

Nicole Miller, a empresa e o império

Em 1982, Nicole fundou a sua empresa Nicole Miller ao lado do empresário Bud Konheim, dado o sucesso prévio dessa parceria. O primeiro lançamento da dupla nesse novo formato colaborativo foi uma coleção de gravatas masculinas feitas com estampas de gravuras, que se tornaram um sucesso no mundo fashion pelos anos seguintes.

View this post on Instagram

Hello philadelphia!

A post shared by Nicole Miller (@nicolemillernyc) on

A primeira loja da marca foi inaugurada em 1986, na Madison Avenue, uma das mais badaladas avenidas de Nova York. Em 1998, Miller tomou conta das manchetes dos jornais e revistas ao apresentar sua linha de roupas para a primavera do ano seguinte, com uma semana de antecedência com relação às suas concorrentes na França. Naquele ano, sua empresa foi a primeira marca norte-americana a apresentar sua coleção adiantando-se às marcas francesas.

Diversas celebridades influentes já foram vistas utilizando peças desenhadas por Nicole Miller, tais como Beyoncé, Anjelica Huston, Angelina Jolie, Brooke Shields, LeAnn Rima, Jennifer Stone, Susan Sarandon e Lauren Hutton, entre diversos outros grandes nomes das indústrias musical e cinematográfica.

Em 2008, Nicole projetou as roupas da turnê de Cyndi Lauper. A estilista também marcou presença no Grammy de 2010, com um vestido ousado e elegante usado pela cantora Sheryl Crow.

Atualmente, as peças de vestuário femininas da grife Nicole Miller são vendidas em mais de mil lojas especializadas e boutiques homônimas estrategicamente posicionadas em cidades como Los Angeles, Miami, Chicago, Nova York, Atlanta, Filadélfia e La Jolla. Além disso, suas coleções também podem ser encontradas em lojas de departamentos como Bloomingdale’s, Nordstrom, Neiman Marcus e Saks Fifth Avenue.

Entre as criações de Nicole Miller, um dos destaques é a linha Artelier, mais voltada para o estilo casual e com pegada streetwear. Suas peças são geralmente caracterizadas por cores vivas e pelas suas estampas digitais.

“Sempre busco trazer alguns elementos da arte nas padronagens desta linha. Ela é sempre muito viva e bem colorida”

disse a estilista em entrevista ao portal Chic, do site Uol.

Miller ingressou, em 2012, no conselho consultivo da Balluun.com, startup de tecnologia de moda, focada principalmente em conectar estilistas e empresários do setor fashion.

Com mais de 30 anos de parceria, a dupla composta por Nicole Miller e Bud Konheim continua unida e seu selo gera cerca de 650 milhões de dólares em vendas anuais.

Envolvimento com causas ambientais

A empresária e estilista Nicole Miller possui grande preocupação com causas ambientais, envolvendo-se com frequência com iniciativas desse âmbito.

Algumas delas são a Waterkeeper, instituição fundada por Robert F. Kennedy em 1999, e Rocky Mountain Institute, organização dedicada à pesquisa, publicação, consultoria e palestras no campo da sustentabilidade, com foco especial em inovações lucrativas para recursos energéticos.

Além disso, a empresária também apoia instituições de caridade para crianças.

Parcerias de sucesso

Em 2002, Miller foi convidada a desenhar os figurinos da peça de teatro “Blood Wedding” (Bodas de Sangue, em tradução para o português), de Federico García Lorca.

Uma linha de roupas para bebês e crianças foi lançada por Nicole Miller em 2004, com peças inspiradas no programa de televisão Sesame Street (Vila Sésamo, no Brasil). Por volta dessa época ela também criou uma linha de produtos de maquiagem para a empresa Melaleuca.

Desde 2005, Miller tem projetado uma extensa linha de produtos para a cadeia americana de lojas de departamentos J.C. Penney. A linha é composta por roupas, bolsas, calçados, joias e demais acessórios, e possui preços acessíveis. A design também é responsável por uma coleção de móveis para casa distribuída pela Bed Bath and Beyond.

Loja em São Paulo

Uma legítima loja Nicole Miller foi inaugurada em 2012 no Brasil. A unidade fica localizada em São Paulo, no shopping JK Iguatemi.

A festa de inauguração da loja, que ocorreu em outubro de 2012, também serviu para lançar a linha Artelier, e contou com a discotecagem da DJ Deborah Falci.

Miller contou, em entrevista concedida à Chic na época, que tinha investido na produção de vestidos bem coloridos para as clientes brasileiras, que são a cara das suas admiradoras no Brasil.

Além disso, algumas estampas exclusivas foram feitas em parceria ao Rogers Pimenta. As peças contavam com cores vivas, muito brilho, bordados em paetê e fios metálicos.

 

A empresária e estilista decidiu lançar sua linha de roupas no Brasil após notar que suas peças eram muito populares entre as brasileiras que visitavam os Estados Unidos. Ela chegou a comentar também sobre os planos futuros de abrir uma filial na cidade do Rio de Janeiro.

Para ela, as mulheres brasileiras são muito confiantes e autênticas, e se importam menos com formalidades. Ela confessa adorar o estilo de suas clientes do Brasil. Sobre a típica mulher brasileira cliente de sua marca, ela alega que:

“não precisa provar para ninguém quem ela é e sabe se portar em diversas situações de maneira bem natural e elegante, ao contrário das americanas que em geral são mais sérias e comportadas. Não vejo as americanas usando as mesmas cores ou até mesmo peças que as minhas clientes brasileiras usam”.

E você, o que acha do estilo visionário lançado por Nicole Miller? Conta pra gente nos comentários qual a sua opinião sobre o assunto.

  banner bolsas etiqueta unica  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here