black friday etiqueta única

A Marchesa é uma das mais jovens marcas famosas da contemporaneidade. Especializada em criar vestidos luxuosos para mulheres, a grife contribuiu ao lançar um olhar ousado e feminino para o mundo da moda.  

Nascida em 2004, a grife já conquistou diversas cantoras, atrizes e demais artistas famosas, e é presença garantida em eventos de gala e importantes premiações, como o Oscar, Golden Globe ou CFDA (Council of Fashion Designers of America)

Sandra Bullock, Penélope Cruz, Sofia Vergara, Selena Gomez e Jennifer Lopez são apenas alguns dos maiores nomes a desfilar com as peças da grife, o que em muito contribui para seu reconhecimento mundial no universo fashion.

Continue a leitura a seguir e conheça a marca responsável pela criação de alguns dos vestidos mais espetaculares usados por celebridades no tapete vermelho.

A história da criação da Marchesa

A grife foi criada pelas inglesas Georgina Chapman e Keren Craig no ano de 2004. Georgia e Keren são amigas desde a época do colégio, e então decidiram começar a desenhar roupas de noite.

As co-fundadores da marca Marchesa
As co-fundadores da marca Marchesa
black friday etiqueta única

As peças da marca são, em sua maioria, clássicas e exuberantes, trabalhadas principalmente com rendas e bordados luxuosos. A grife possui um estilo um tanto quanto dramático, que é um reflexo direto da experiência de Georgina como figurinista.

A riqueza dos materiais, por sua vez, advém da formação de Keren, que estudou moda e se especializou em estamparia e bordado.

E o nome da marca? A inspiração foi Luisa Casati, socialite italiana e patrona das artes do início do século 20. Ela era conhecida como Marquesa, seu apelido.

O sucesso meteórico

Pouco tempo depois do lançamento da grife, suas peças já se tornaram uma sensação enorme em Hollywood. A receita para esse êxito foi uma combinação de talento, sorte e timing.

Suas peças imitam o conto de fadas
Suas peças imitam o conto de fadas

A primeira celebridade do grande escalão de Hollywood a usar um vestido Marchesa foi Renée Zellwegger, na pré-estreia do filme o Diário de Bridget Jones. A produção foi lançada em 2005 e foi um grande sucesso entre as comédias românticas da época.

Em 2007, a jornalista e stylist inglesa Isabella Blow usou um corset Marchesa durante a temporada de desfiles de Paris. Para além do fato de ter usado o look em um momento tão marcante e riquíssimo em visibilidade, Blow foi uma figura importante para a marca também por ter apresentado Georgina e Keren a diversas pessoas influentes da indústria da moda.  

Isabella Blow
Isabella Blow

Outra questão interessante de ser analisada é a de que foi a partir de 2004 que as revistas e os jornais passaram a dar mais atenção especial e destaque aos looks usados pelas celebridades nos tapetes vermelhos. Georgina relata que “além disso, quando começamos, não havia muitas marcas jovens produzindo roupas de noite”, em entrevista ao site Harper’s Bazaar.

Marchesa é o nome certo para vestidos de gala à noite
Marchesa é o nome certo para vestidos de gala à noite

Atualmente, as peças da Marchesa são comercializadas em grandes lojas de departamento, como Neiman Marcus, Bergdorf Goodman e Saks Fifth Avenue.

Há também uma linha de bolsas de noite e uma linha produzida que conta com peças com valores mais acessíveis. Já a linha Marchesa Notte, com vestidos de noite, apresenta coleções com vestidos que chegam a custar 100 mil dólares.

A polêmica por trás da #BoycottMarchesa

Georgina também é filha de um milionário, e foi casada por alguns anos com Harvey Weinstein, produtor cinematográfico norte-americano e co-presidente da The Weinstein Company, empresa de produção cinematográfica. A estilista se separou após seu marido ter sido acusado em 2017 de assédio sexual por mais de 50 mulheres do cinema.

 Harvey Weinstein
Harvey Weinstein

Na época, chegaram a surgir algumas teorias que alegavam que Georgina tinha conhecimento dos crimes cometidos pelo então marido, e que inclusive usou a influência de Weinstein para se estabelecer no mercado. Esse movimento usou a hashtag #BoycottMarchesa nas redes sociais para dar visibilidade ao caso e às denúncias.

A diretora da Vogue US Anna Wintour deu todo apoio às vítimas que denunciaram Weinstein e à estilista:

o meu coração está com elas, com a Georgina e as crianças. Todos temos um papel a desempenhar em criar um ambiente seguro onde todos podemos ser livres e trabalhar sem medo

Steven Kolb, CEO do Council of Fashion Designers of America (CFDA), também demonstrou sua sensibilidade ao assunto e à Georgina, afirmando que “como um membro criativo e da CFDA, ela merece o apoio total da indústria”.

Em entrevista à People Magazine, Georgina declarou que “o meu coração está partido por todas as mulheres que sofreram com estas ações imperdoáveis”. Nessa ocasião, também anunciou o fim do seu casamento.

De qualquer forma, a visibilidade do pai e do ex-marido de Georgina também contribuíram bastante para que grife ganhasse renome e reconhecimento no mundo fashion. Mas é inegável também que o escândalo gerou certo prejuízo para a Marchesa, que por alguns meses foi ignorada pelas atrizes na temporada de tapete vermelho.

Várias artistas chegaram a afirmar que Weinstein fazia pressão para que elas usassem Marchesa nos eventos, o que deu a entender que grande parte do sucesso da marca se deve a essa prática.

No Met Gala de 2018, a atriz Scarlett Johansson surpreendeu ao aparecer vestindo um vestido Marchesa, em um contexto no qual até então todas as celebridades estavam evitando usar os looks da grife devido ao escândalo de Weinstein.

Marchesa volta ao tapete vermelho
Marchesa volta ao tapete vermelho

Johansson entendeu que Georgina Chapman e sua marca nada teriam a ver com as denúncias contra o produtor. Em função disso, decidiu quebrar o tabu em torno da grife e, em declarações à Variety, disse que

vesti Marchesa porque as roupas delas fazem as mulheres sentirem-se confiantes e bonitas, e é um prazer apoiar uma marca criada por duas designers femininas incrivelmente talentosas”.

O estilo Marchesa

Com a fineza do toque suave das sedas, a extravagância da transparência dos tules e a feminilidade da silhueta marcada, há quem diga que a Marchesa proporciona nas passarelas um verdadeiro cenário de conto de fadas.

Na apresentação da sua coleção primavera/verão 2018 na Semana de Moda de Nova York, a grife contou com a presença na primeira fila de grandes nomes internacionais, tais como Nina Dobrev, Victoria Justice, Jennifer Morrison, Coca Rocha e Shanina Shaik, entre outros.

Nos bastidores do desfile, Georgina e Keren confessaram ao Daily Mail que a coleção levou meses para ficar pronta, e muitas vezes foi necessária a dedicação de até cinco pessoas trabalhando no acabamento de um mesmo vestido. É sabido entre o mundo da moda que a dupla preza pela impecabilidade e pela perfeição de suas peças.

Nessa coleção, elas apostaram em silhuetas femininas e peças com tonalidades suaves. Seu prêt-a-porter era composto por peças dignas da alta-costura, segundo alguns críticos da moda, que chegaram a levar centenas de horas para ficarem prontas.  

Silhuetas bem definidas- Marca Marchesa
Silhuetas bem definidas- Marca Marchesa

Em 2017, Kate Middleton chamou a atenção na apresentação do 42nd Street Opening Night Royal Gala com um belíssimo vestido Marchesa. O vestido clássico modelo midi possuía uma delicada padronagem de favo de mel, e fez parte da coleção de Fall 2017 da Marchesa Notte.

Kate Middleton usa Marchesa
Kate Middleton usa Marchesa

O look foi complementado com um cinto de cristal e brincos de franja da Kate Spade, dando modernidade ao conjunto. No dia seguinte, a peça já estava quase esgotada nas lojas.

A Marchesa compõe a lista dos 10 looks mais caros da história do Oscar, referente ao vestido utilizado pela cantora Rita Ora na premiação de 2015. O vestido foi feito sob medida, com detalhes trabalhados com cristais bordados. Seu preço foi estimado em torno de algo equivalente a 100 mil reais. O look de Rita Ora também era composto por diamantes de 40 quilates Lorraine Schwarz e um anel de diamantes Bulgari de 25 quilates, avaliados em um valor equivalente a mais de 23 milhões de reais.

Todas as peças da grife são produzidas no atelier da Marchesa em Nova York, são projetadas por Georgina Chapman e estão disponíveis no mundo todo.

Atualmente, a grife é composta por linhas completas de lifestyle, roupas de gala (Marchesa Notte), vestidos de noivas, bolsas e sapatos, assim como coleções de joias finas e bijoux.

E então, o que achou do estilo irreverente e ousado de Marchesa, que foi capaz de conquistar tanta gente em tão pouco tempo? Conta pra gente nos comentários!

black friday etiqueta única

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here