Modelo negra abre desfile Louis Vuitton

Todo mundo sabe que abrir o desfile de uma grande marca muda a vida de uma modelo profissional. É um dos momentos mais importantes do desfile! Para Janaye Furman, a quarta-feira passada tornou-se inesquecível: pela primeira vez na história, uma modelo negra abriu o desfile de uma das marcas mais renomadas mundialmente, a Louis Vuitton.

Ao longo de seus 163 anos de experiência, a marca nenhuma vez tinha usado uma modelo negra para usar, por primeiro, os looks que estampariam a nova coleção.

Janayle falou abertamente em seu Instagram sobre essa experiência incrível e reiterou esse grande passo e a importância da representação negra nos desfiles de moda.

Declaração sobre o desfile da Louis Vuitton

Na legenda da foto: “Que benção! Uau! Esse é um momento incrível e inacreditável. Não apenas por abrir o show da Louis Vuitton mas por fazer história ao ser a primeira garota afro-americana ao abrir o desfile da Louis Vuitton?! […] Estou muito agradecida que mais mulheres negras estão arrasando nas passarelas. É muito importante que a gente se defenda e faça a diferença nesse mundo. Estou muito feliz que fui capaz de contar essa linda história.

What a blessing!! Wow! This is such an incredible and unbelievable moment! Not only for my first opening show to be Louis Vuitton but to make history as the first African American girl to open LV?!! Thank you @nicolasghesquiere @louisvuitton, @marieameliesauve, @paulhanlonhair, @patmcgrathreal, @ashleybrokaw and thank you to absolutely every person involved. Thank you God and everyone for all of the amazing support! I'm so glad more women of color are rocking the runways. It's so important that we stand up for ourselves and make a difference in this world. I'm so happy I was able to tell this beautiful story. I mean look at that coat! #louisvuitton is always #major. @WoodkidMusic @premiermodels @3mmodels @elitenyc @hookerthebooker @alexiacheval @okjanelle @hottattack #LouisVuitton #nicolasguesquiere #openinglook #exclusive #godisgood #blessed #PFW #janayefurman #ss18 #otto #modelsofcolor #firstblackgirl #heyjanaye #LVSS18 #blacklivesmatter #africanamerican #represent #makinghistory #shadesofblackness

A post shared by Janaye Furman (@iam_janaye) on

Esse marco histórico, diga-se de passagem, tem tudo haver com o movimento negro em favor a mais oportunidades e igualdades nos mais variados setores, principalmente na moda e cultura. Um exemplo disso fora o protesto realizado no começo do ano, no desfile da Balenciaga, devido a falta de modelos negras no desfile da marca.

Vale a pena lembrar que essa representatividade reforça a autoestima de milhares de mulheres em todo o mundo, fazendo com que elas acreditem no seu sonho, tenham emponderamento feminino e se façam ser vistas, se identificando com alguém igual a elas enfrente a uma grande marca. Amamos!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here