Guia Definitivo para Investir em uma Bolsa Hermès

  Banner da ação de Sale do Etiqueta Única de Janeiro 2020  

As Bolsas Hermès são de fato, impressionantes: além de serem manualmente elaboradas em cada detalhe, cobiçadas entre os ricos e famosos, ainda podem ser um ótimo investimento, principalmente as icônicas bolsas Birkin e Kelly.

Desde o dia em que a bela Grace Kelly foi fotografada usando uma bolsa para esconder sua barriga grávida em 1956 e do dia em que um encontro casual entre Jane Birkin e Jean-Louis Dumas (em 1981) resultou no modelo Birkin, estes dois nomes se tornaram a expressão máxima das bolsas de luxo.

A diferença entre os dois modelos é singela. Enquanto a Kelly tem uma alça de mão e outra longa de ombro, a Birkin tem duas alças de mão.

A Kelly também é um pouco menor em profundidade e a Birkin é considerada mais casual, flexível e despojada.

Contudo, as duas possuem o mesmo status de ícones da moda mundial.

Tendo aparecido com frequência em séries como Sex and the City e/ou nas mãos de celebridades como Victoria Beckham, Kim Kardashian e NeNe Leakes, as bolsas Hermès se tornaram sinônimo de status entre os mega ricos e famosos. No entanto, as bolsas Kelly e Birkin vão além deste status.

Neste guia, explicaremos como ambas se tornaram um tipo de investimento seguro e valioso para seus compradores e por que investir numa Kelly ou Birkin pode fornecer rendimentos até melhores do que outros investimentos mais tradicionais.

Oportunidade de Investimento

Pelo fato de terem uma vida útil muito duradoura e serem as duas bolsas mais desejadas do mundo, as Kellys e Birkins mantêm seu valor como itens colecionáveis.

Devido à elaboração manual lenta e precisa destes produtos, junto aos materiais e couros que são de difícil acesso, apenas um número limitado de bolsas são feitas pela Hermès a cada ano.

Foto de bolsa Hermès laranja

Isso dificulta a possibilidade de se adquirir uma bolsa nova diretamente da loja, e, por isso, vemos a infame lista oficial de espera de até um ano de duração.

Foi este cenário que possibilitou a existência de um valioso e rentável mercado de revenda para as bolsas Kelly e Birkin. O rendimento irá variar de acordo com a conservação do produto:

  • Um produto em bom estado pode obter até ou mais de 80% do que o proprietário anterior investiu;
  • Um produto em excelente estado, até ou mais de 100% do que o proprietário anterior investiu;
  • Um produto em perfeitas condições chega a render até 120% ao investido pelo proprietário anterior.

É claro que também existem outros fatores que podem impactar o valor da bolsa no momento da revenda.

Os modelos com couros raros e exóticos são os mais valiosos no mercado devido à dificuldade que a marca enfrenta para obter estes materiais.

 

O couro de crocodilo, por exemplo, é um dos mais caros porque a Hermès obedece a padrões éticos rigorosos no processo de criacão animal e porque o couro leva décadas para atingir a maturidade ideal, tornando-o raro em bolsas da marca.

Ao investir em uma bolsa Hermès, pense também na duração do investimento. Se você está planejando guardar o produto durante um longo período, adquira itens com cores mais neutras, como ouro, preto e taupe, pois estes tons clássicos nunca sairão de moda e a bolsa manterá seu valor.

A condição de uso e conservação do produto, o tipo de couro utilizado em sua produção e a cor dele são fatores que afetam diretamente o seu valor de revenda.

No entanto, cores novas ou sazonais, que despertam um ávido interesse na moda atual, podem render um lucro significativo como investimento de curto prazo.

A Valorização das Bolsas Hermès

Em primeiro lugar, é necessário compreender o que torna essas bolsas tão caras. Na década de 1950, antes da Grace Kelly ser fotografada com a bolsa (que mais tarde receberia o nome dela), uma Kelly da Hermès novinha custaria menos de US$1.000. E, na virada do século, quando a Birkin se tornou a estrela da série da HBO Sex and the City, era possível comprar uma Birkin por cerca de US$4.000 apenas.

Foto de bolsa Hermès roxa

Hoje, no entanto, a Kelly mais básica deve lhe custar em torno de US$10.000 (10 vezes mais do que seu valor na década de 1950) e a mesma Birkin que apareceu em Sex and the City é vendida na faixa de US$12.000 (triplicando seu valor em apenas 15 anos!).

Claro que estes são apenas os valores iniciais, antes de se adicionar couros exóticos, partes metálicas personalizadas e outros toques pessoais que podem elevar o preço para além dos US$100.000.

As bolsas Kelly e Birkin atingiram esses valores astronômicos por várias razões:

  1. A primeira é a atualização de preços que ocorre anualmente, a critério da Hermès – eles sabem que têm um produto valioso e, geralmente, aumentam os preços de uma bolsa nova entre 5% e 10% a cada ano.
  2. Outra razão é a produção manual envolvida e a qualidade dos detalhes em cada produto criado pela Hermès. Cada bolsa é feita por um artesão profissional (ou “artista” talvez seja o termo mais correto para descrevê-los!), que é responsável pela manufatura do produto do começo ao fim, o que pode levar de 15 a 24 horas.
  3. Estas bolsas também permitem manuteção e reparos por toda a vida, o que significa que uma pode ser passada entre gerações na mesma família, sendo mais valorizada a cada ano que passa.
  4. Os couros utilizados são tratados para durarem, ou seja, as bolsas Hermès são minuciosamente elaboradas para suportarem o desgaste do tempo.
  5. Há também tratamentos de spa e serviços de recondicionamento disponíveis para as bolsas Kelly e Birkin, mantendo a aparência da bolsa como nova, mesmo 15, 20 e até 50 anos depois de sua fabricação.

Comparação com Outros Investimentos

O diferencial da aquisição de uma bolsa Hermès como investimento é que este é um dos poucos itens do mercado de luxo que não depreciam.

Ao contrário, por exemplo, de roupas de grife ou uma nova Ferrari, que começam a diminuir de valor no momento em que você as utiliza, as bolsas Hermès, de fato, se valorizam ainda mais com o tempo.

Quando você possui uma Hermès original, você tem um produto para o qual existe uma demanda enorme e uma oferta limitada.

Mas não é só isso que torna a aquisição de uma Hermès um investimento tão único – ele se sobressai mesmo quando comparado a investimentos tradicionais, como diamantes, ouro, prata, mercados de ações e imóveis. O valor destes investimentos pode apreciar e depreciar. Contudo, nos últimos 35 anos, as bolsas da marca Hermès aumentaram de valor sucessivamente. Vamos analisar os números:

Evolução de Preço da Kelly

Uma bolsa Kelly padrão poderia ser comprada em 1950 por US$900. Em 1960, o mesmo modelo custava US$1.300, em 1970 passou para US$2.450, em 1980 era vendido por US$4.000, em 1990 por US$5.100, e, na virada do século, por US$7.400. Hoje, esse mesma bolsa valorizou para US$9.250!

Evolução de Preço da Birkin

Valorização semelhante é observada no modelo Birkin: custando por volta de US$2.000 em 1980, US$2.750 em 1990, US$4.000 na virada do século e, hoje, vendido entre US$10.000 e US$12.000!

Esses números surpreendentes não foram replicados por nenhum investimento tradicional e excedem alguns índices de retorno anuais dos mercados de ações, como o índice FTSE All-Share.

Também é bastante previsível que o valor das bolsas Hermès continue a subir no futuro, observando a crescente demanda por esses itens e considerando que até mesmo as estimativas mais conservadoras prevêem, para os próximos 50 anos, um aumento de 8 a 10 vezes no preço atual destes ícones de luxo.

Como Adquirir uma Hermès

Bolsa Hermès.

Comprar uma Kelly ou Birkin não é tarefa simples como entrar numa boutique da Hermès, olhar os produtos em exposição, pegar um deles, pagar e ir embora feliz.

Apenas um seleto grupo de mulheres muito sortudas tem o privilégio de receberem suas Kelly ou Birkin diretamente da Hermès a cada ano. As outras ficam na lista de espera, aguardando um telefonema por anos! Algumas ainda são informadas de que a lista está fechada, colocando um ponto final na esperança de se adquirir uma bolsa diretamente de loja.

O fato é que a Hermès, simplesmente, não vende estas bolsas para qualquer um.

Celebridades e milionários têm prioridade na lista. Em seguida, as pessoas que demonstraram fidelidade à marca investindo na Hermès durante um longo período. Mas, mesmo essas pessoas não têm garantia alguma de que a loja irá fabricar uma cobiçada Kelly ou Birkin para elas.

Por isso, para 99% das mulheres e dos investidores, o mercado de revenda é a única fonte para conseguir uma dessas bolsas.

No entanto, esse método requer cuidado extra, já que a fama mundial e o preço elevado desses itens de luxo levaram à existência de um articulado e próspero mercado de falsificações – algumas tão difíceis de serem notadas que são chamadas de primeira linha.

Lembre-se que cerca de 99% dos compradores dependem do mercado de revenda para obter uma Kelly ou Birkin da Hermès.

A melhor maneira de garantir a autenticidade da bolsa que você quer adquirir é utilizar uma empresa de revenda respeitável, como a Etiqueta Única. Nós temos um processo rígido para garantir a qualidade e a legitimidade de cada produto comercializado em nosso site.

Em média, 90% das bolsas Hermès vendidas online não são originais, e conhecer profundamente as características do produto poderá fazer toda a diferença para não ser enganado!

Todos os itens são cuidadosamente inspecionados por uma equipe profisisonal e experiente, capaz de garantir que sejam originais e classificá-los de acordo com seu estado de conservação – informações essenciais para que investidores possam analisar o valor de revenda dos produtos.

Mais do que isso, também podemos lhe apoiar na busca de uma Kelly e/ou Birkin mais rara no mercado. Entre em contato com a nossa equipe e faremos o máximo para encontrar esse investimento valioso para você.

Consciência sobre as Falsificações

Acima, mencionamos brevemente esta questão, mas vale a pena reiterar: esteja ciente da existência de muitas bolsas Kelly e Birkin falsificadas. Se você encontrar uma bolsa da Hermès por um preço que parece bom demais para ser verdade, provavelmente, a bolsa não é verdadeira.

Existem inúmeras falsificações de bolsas da Hermès no mercado – estima-se, aliás, que em torno de 90% de todas as Hermès vendidas online sejam falsas.

A forma mais segura de evitar uma decepção, então, seria manter distância de sites de leilões e de sites revendedores que não tenham uma reputação sólida. Há ainda aqueles sites que mostram fotos originais de Kelly e Birkin reais, mas, na verdade, enviam ao comprador uma falsificação. Pesquise sobre a empresa revendedora antes de se comprometer com qualquer pagamento.

Dicas para Investir numa Hermès

  • As bolsas Kelly e Birkin são atemporais, mas preste atenção nas cores ao investir;
  • Investidores de longo prazo devem focar em cores neutras, como dourada, preta e taupe;
  • Investidores de curto prazo podem focar em cores novas e sazonais;
  • Os valores das bolsas Kelly e Birkin têm crescido de forma constante desde a década de 1950 e 1980, respectivamente, e a previsão dos especialistas é de que esta valorização se mantenha pelos próximos 50 anos;
  • Modelos que usam couros exóticos e raros têm valorização ainda mais acentuada do que os modelos comuns;
  • O estado de conservação da bolsa afeta seu valor de revenda;
  • O mercado de revenda é o meio mais fácil e sensato de se adquirir uma bolsa Hermès;
  • Tenha muita cautela com as bolsas falsificadas no mercado paralelo;
  • Negocie apenas com revendedores confiáveis ​​e estude a bolsa que você deseja comprar, conhecendo a fundo os detalhes que mostram se ela é legítima ou falsa.

Aproveite para conhecer também nosso Manual de Couros Hermès!

  Banner da ação de Sale do Etiqueta Única de Janeiro 2020  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here