8 Fatos que você não sabia sobre a Alta Costura!

capa do post de fatos sobre alta costura
  banner ss ultimas semanas  

A alta-costura se caracteriza pela moda exclusiva, feita à mão, com materiais de altíssima qualidade. Quem define o que é e o que não é de fato alta-costura é a Federação da Alta Costura e da Moda (antiga Chambre Syndicale de la Haute Couture), que revê o grupo de marcas que fazem parte dela anualmente.

O termo é legalmente protegido e controlado e só pode ser usado pelas casas que receberam essa designação pelo Ministro da Indústria na França. Para fazer parte deste seleto grupo, deve-se seguir regras específicas e bem rígidas, como ter um ateliê em Paris, empregar ao menos um quadro de funcionários de 15 pessoas em tempo integral, fazer as peças sob encomenda com ao menos uma prova de roupa e apresentar suas coleções publicamente duas vezes por ano, com ao menos 35 looks para dia e noite.

Separamos abaixo oito fatos e curiosidades sobre o mundo da alta costura que você talvez não saiba, confira:

1. São necessárias 10 provas para desenvolver completamente um vestido

Um dos pontos mais importantes da alta-costura é sua a exclusividade. Não apenas no preço, sendo algo acessível para poucos, mas também no quesito criação. Quando feito um vestido exclusivo de alta costura para uma cliente, são necessárias 10 provas para seu desenvolvimento completo caso ele seja bordado.

2. São necessárias de 150 a 1000 horas para criação de uma peça

Peças de alta-costura são artesanais, ou seja, feitas à mão por costureiras e artesãos que são para lá de talentosos. Sendo assim, estas criações levam um grande tempo para serem confeccionadas até o produto final, já que é um processo mais lento e demorado do que o de roupas feita em maior escala.

Para trajes considerados mais “simples”, ou seja sem detalhes complexos, são necessárias pelo menos 150 horas para sua criação. Caso seja uma peça mais elaborada com bordados e minuciosidades, este tempo pode chegar até 1.000 horas.

Trajes de Alta-Costura podem levar de 150 a 1.000 horas para serem criados. (Foto: Reprodução/Instagram @oscardelarenta)
Trajes de Alta-Costura podem levar de 150 a 1.000 horas para serem criados. (Foto: Reprodução/Instagram @oscardelarenta)

3. Um vestido de alta-costura pode chegar a custar Є1.000.000

Como falamos acima, peças de alta-costura são exclusivas e artesanais, o que reflete em seu preço final, o que faz delas inacessíveis para milhares de pessoas. Por mais que não haja um valor definido, um vestido pode chegar a custar Є1.000.000! O custo irá depender de cada material utilizado e também do número de horas de trabalho envolvidas na criação da peça.

Vestidos de Alta-Costura podem chegara custar 1.000.000 de euros.
Vestidos de Alta-Costura podem chegara custar 1.000.000 de euros.

4. Um vestido elaborado pode levar 6.000 horas para ser confeccionado

No fato número dois, falamos sobre o tempo estimado de confecção de trajes, desde os considerados mais simples até os bordados. Porém, quando falamos de vestidos de alta costura, este número pode ser ainda maior.

Quando se trata de vestidos elaborados, como aqueles bordados, com estampas que tem de ser pintadas à mão ou outros detalhes que necessitam de maior atenção e requerem mais trabalho, o número de horas para que ele seja confeccionado pode chegar à 6.000.

Vestidos elaborados podem levar até cerca de 6.000 horas para serem criados. (Foto: Reprodução/Instagram @zuhairmuradofficial)
Vestidos elaborados podem levar até cerca de 6.000 horas para serem criados. (Foto: Reprodução/Instagram @zuhairmuradofficial)

5. O número de clientes de alta costura é limitado

Com peças exclusivas que possuem preços bem altos, o número de clientes que possuem poder aquisitivo para comprar peças de alta-costura é bem limitado. Estima-se que existam atualmente um total de 4.000 clientes em todo mundo, incluindo a Rainha Raina da Jordânia.

6. Existe um seleto grupo de costureiras qualificadas para trabalhar com alta-costura

A arte da alta-costura é muito específica e exige um certo talento na costura, o que faz com o que o número de pessoas qualificada para trabalhar nela seja pequeno. No mundo inteiro, apenas 2.200 costureiras são qualificadas e permitidas a trabalhar neste ramo.

Apenas 2.200 costureiras são qualificadas para trabalhar na alta-costura. (Foto: Reprodução/Instagram @oscardelarenta)
Apenas 2.200 costureiras são qualificadas para trabalhar na alta-costura. (Foto: Reprodução/Instagram @oscardelarenta)

7. Apenas algumas casas de moda fazem parte da Alta-Costura

Como falamos acima, para fazer parte da Federação da Alta Costura e da Moda, é necessário cumprir diversos requisitos, porém não é qualquer um que pode entrar para a Federação, existem três maneiras atualmente: como membro aderente, representante ou convidado, nesta ordem específica.

No momento, apenas 16 casas de moda que são membros e são autorizadas a usar o nome “alta-costura”, dentre elas estão a Chanel, Givenchy, Schiaparelli, Maison Margiela, Christian Dior, Valentino e Zuhair Murad.

8. A Alta-Costura surgiu no século 19

A Alta-Costura não é algo novo, tendo muitos anos de história. Ela nasceu no século 19, especificamente em 1858, quando o designer inglês Charles Frederick Worth, conhecido como “pai da alta-costura” estabeleceu sua marca na cidade de Paris.

Estes são alguns fatos que você talvez não soubesse sobre a alta-costura! Qual o mais surpreendente? Nos conte nos comentários!

  banner ss ultimas semanas  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here