Donna Karan: Elegância e sofisticação

Capa do post sobre a história de Donna Karan
  super sale especial mães  

A marca Donna Karan foi fundada pela estilista Donna Karan e seu marido, Stephan Weiss, em 1984 em Nova Iorque.

É a queridinha de muitas celebridades e mulheres ao redor do mundo, pelo fato de Donna apostar em mulheres “comuns” e não em um padrão que muitas marcas costumam escolher. Suas roupas seguem um estilo urbano e sofisticado e acessível.

Gif da marca Donna KaranConfiram abaixo mais sobre a história da marca e de sua criadora:

Donna Karan

Donna Ivy Faske  nasceu no dia 02 de Outubro de 1948 no tradicional bairro Queens em Nova Iorque. Seu fascínio por moda veio desde pequena, pois seus pais são ligados à indústria: seu pai era dono de um armarinhos e sua mãe era modelo e representante de vendas de uma confecção de roupas.

Sua primeira experiência profissional da área foi quando ainda estava no colégio, quando trabalhou com a estilista Liz Claiborne durante suas férias de verão. Após se formar, foi estudar na prestigiada Parsons School of Design, onde estilistas de renome como Tom Ford, Marc Jacobs e Alexander Wang também estudaram.

Logo em seu segundo ano na faculdade, Donna foi contratada pela a estilista Anne Klein, que é muito conhecida por suas criações de roupas esportivas para jovens mulheres. Ficou na marca até um ano depois que se formou na faculdade, quando foi trabalhar para a Addenda, uma confecção de roupas.

A estilista Donna Karan.
A estilista Donna Karan.

Donna voltou a trabalhar para Anne Klein em 1968 e, após Anne falecer em 1974, ela e Louis Dell’Olio se tornaram estilistas da marca para terminar de criar a coleção que ficou incompleta. A dupla então transformou as roupas da marca de sportwear em peças extremamente elegantes e atuais, além de serem acessíveis.

Criação da marca própria

Após 15 anos na Anne Klein, Donna sentiu a vontade de ter sua própria marca ao perceber a sua grande dificuldade em encontrar exatamente o que precisava em seu guarda roupa. A estilista conta que:

“A ideia veio quando tentava limpar meu closet do excesso. Precisava tornar fácil a escolha de roupas pela manhã. Então, resolvi meu problema com o mínimo de peças coordenáveis de diversas maneiras.”

Foi então que em 1984 junto com seu segundo marido, Stephan Weiss, fundou a Donna Karan. A marca lançou sua primeira coleção no ano seguinte, onde apresentou uma mulher minimalista para os padrões da época, vestindo crepe de lã, jérsei, botas pesadas e jóias que foram assinadas pelo joalheiro Robert Lee Morris.

Donna chamou a atenção do público e da crítica com suas roupas que abandonavam estilo exagerado dos anos 80, focando nas mulheres comuns e valorizando os pontos positivos da silhueta feminina e disfarçando os pontos negativos.

A marca revolucionou o conceito de moda feminina da época ao lançar as “Seven Easy Pieces” (“Sete Peças Fáceis” em tradução livre), que são sete peças de roupa que podem ser combinadas e usadas em qualquer momento do dia e tanto durante a semana como nos finais de semana. Que foram um grande sucesso entre as nova-iorquinas. Além disso, os sapatos da marca se tornaram objetos de desejo entre as mulheres e celebridades.

A marca associa-se à cidade de Nova Iorque, que é o lar das mulheres urbanas e dinâmicas, além de servir como grande inspiração para a estilista.

Criação da DKNY

Motivada à atender o público jovem, especialmente sua filha Gabby, Donna criou uma segunda marca, a DKNY em 1988, apenas quatro anos após a criação de sua marca homônima.

Com roupas e acessórios mais descolados, despojados e acessíveis, foi um sucesso logo de cara. Com apenas 10 anos de história, a Donna Karan estava consolidada no mercado e referência com suas roupas criativas, modernas e elegantes.

Ao longo dos anos, a DKNY se expandiu e hoje possui uma linha feminina, masculina, infantil, além de acessórios, lingerie e sapatos. Um dos grandes sucessos da marca no entanto são seus perfumes, que foram lançados no início dos anos 1990.

A abertura de suas duas primeiras lojas âncoras aconteceram em 1994 e 1999 em Londres e Nova Iorque respectivamente. A marca hoje possui mais de 20 lojas próprias nos Estados Unidos, além de estar presente em mais de 25 países ao redor do mundo e ter seu e-commerce próprio.

Venda para a LVMH

O final de 2001 não foi fácil para a marca, que atravessou uma fase de grandes prejuízos econômicos, mesmo tendo um grande volume de vendas. Foi então adquirida pelo conglomerado LVMH que também possui as marcas Louis Vuitton, Givenchy, Fendi e Bvlgari.

Com isso, a marca Donna Karan aumentou sua expansão internacional, ingressando em diversos novos mercados ao redor do mundo, com grande destaque para o Oriente Médio e a Ásia. Como falamos acima, a marca está presente atualmente em mais de 25 países.

Loja de Donna Karan em Hong Kong
Loja de Donna Karan em Hong Kong

Queridinha das Celebridades

Ao longo dos 35 anos de história da Donna Karan, a marca conquistou inúmeras admiradoras famosas como Taylor Swift, Emilia Clarke, Jennifer Aninston e Heidi Klum.

As criações da estilista podem ser vista nos mais importantes tapetes vermelhos do mundo como Globo de Ouro, Emmy e no Met Gala. Seus vestidos possuem um estilo sofisticado, moderno e elegante.

A marca ganhou o coração de muitas por apostar nas necessidades das mulheres, além de tê-las como inspiração. Oferecendo roupas com estilo urbano, moderno, sofisticado e acessíveis.

No Etiqueta Única vocês podem encontrar diversos produtos desta marca que quer destacar a mulher comum e suprir suas necessidades.

  super sale especial mães  

1 COMENTÁRIO

  1. Gosto muito desta marca, porque ela tem como propósito fazer peças acessíveis a todas as mulheres. E o que falar de seus perfumes? São maravilhosos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here