Quanto custa a bolsa mais cara da Louis Vuitton?

Capa do post sobre a bolsa mais cara da Louis Vuitton
  Banner frete grátis Etiqueta Única  

A bolsa mais cara da Louis Vuitton é uma combinação entre a Birkin da Hermès com um tradicional modelo da Prada. No valor de US$ 55,5 mil (aproximadamente R$ 220 mil), a bolsa foi lançada na coleção Cruise, na linha Steamer.

Este modelo ultrapassou em preço a Crocodile Lady PM (US$ 54.500), e a Dora PM (US$ 50.000). A City Steamer MM é toda feita em couro de crocodilo exótico e possui identificador e cadeado com o monograma LV. O forro é em couro de bezerro.

Foto: Reprodução/Instagram @lv_5cantonroad
Foto: Reprodução/Instagram @lv_5cantonroad

O forro pode ser usado como “bolsa saco”, pois possui uma alça removível extra. A linha City Steamer MM Louis Vuitton é uma linha de bolsa focada em modelos urbano, indicada para o dia-a-dia e para o trabalho, por ter muito espaço para pastas e papéis.

O que há de tão especial na bolsa mais cara da Louis Vuitton?

Visualmente, a bolsa mais cara da Louis Vuitton não tem nada de mais além do couro de crocodilo que certamente é um diferencial.

Foto: Reprodução/Instagram @lv2love
Foto: Reprodução/Instagram @lv2love

Especula-se que com o modelo a LV quis aumentar seu valor de marca e criar um modelo icônico, da mesma forma como a Hermès possui graças ao modelo Birkin.

O fato é que o modelo foi bastante cobiçado, pelo o que ele significa, e as vendas começaram a ser feitas pelo site da marca por encomenda.

Outros Modelos na Lista de Mais Caros

Outra linha de bolsas que está na lista de mais caras da maison francesa são as da linha Capucines. O modelo foi lançado apenas em 2013, mas já se tornou um dos clássicos da Louis Vuitton! Ele foi nomeado em homenagem à Rue des Capucines, endereço em Paris onde a marca abriu sua primeira loja em 1854.

Ele é é extremamente versátil com duas alças, uma grande de ombro e outra de mão, removíveis fazem da Capucines um ótimo modelo para se usar tanto durante o dia como quanto a noite. Também possui flap que pode ser usada tanto para fora como para dentro da bolsa.

Capucines MM Crocodilien Brilliant (Foto: Reprodução/Louis Vuitton)
Capucines MM Crocodilien Brilliant (Foto: Reprodução/Louis Vuitton)

Capucines MM Crocodilien Brillant

A Capucines MM Crocodilien Brillant é a maior da linha. É feita em couro de jacaré e combina detalhes sofisticados, incluindo uma alça de mão semirrígida presa por argolas com aparência de joias, além de possuir um formato funcional e espaçoso. O modelo está disponível por R$191.000 reais e apenas na cor preta.

Capucines PM Crocodilien Mat

A Capucines PM Crocodilien Mat se configura atualmente como uma das bolsas mais cara da Louis Vuitton! Ela é confeccionada em couro de crocodilo marinho e possui um efeito degradê natural que dá um toque sofisticado e elegante para a bolsa. O modelo também possui alça para carregar na mão ou no braço, alça removível para carregar no ombro ou transpassada, além de fecho com gancho de engate e dois compartimentos amplos para guardar seus pertences.

Ela está disponível apenas em um tom nude rosado e com um preço de R$208.000 reais.

Capucines PM Crocodilien Mat (Foto: Reprodução/Louis Vuitton)
Capucines PM Crocodilien Mat (Foto: Reprodução/Louis Vuitton)

A tradição da Louis Vuitton nas bolsas de luxo.

O francês Louis Vuitton, fundador da grife, trabalhava como fabricante de bolsas e malas em Paris. Em 1854, ele criou sua primeira oficina onde produzia de forma artesanal malas e bolsas.

 Desde sua fundação, a Louis Vuitton está ligada a produções de artigos de couro, em especial malas e bolsas.

Foi a marca que adaptou os formatos das malas de modo que o transporte em uma viagem de navio fosse facilitado.

Antes disso, as malas eram em formato de baú e ocupavam muito espaço.

Por este feito, Louis Vuitton é considerado o criador da bagagem moderna e seu trabalho, rapidamente, passou a ser imitado em toda a Europa.

Para impedir as falsificações, em 1896, Vuitton agregou às suas peças o monograma “LV”, que continua até hoje como símbolo da marca. O monograma da marca e o Damier (que é como é chamado o quadriculado usado nos produtos da marca e possui duas versões: Azur e Ébène), fazem parte da identidade da LV e viraram uma característica marcantes dos produtos da maison.

Com mais de 163 anos de tradição, atualmente, a Louis Vuitton é a marca de moda de luxo mais valiosa do mundo. As bolsas LV são feitas à mão e passam por inúmeros processos, e podem demorar até uma semana para ficarem prontas.

A Louis Vuitton é a grife de luxo com maior valor de marca do mundo e possui diversos modelos de bolsas clássicas e atemporais, que fazem sucesso entre mulheres de todo o mundo.
A Louis Vuitton é a grife de luxo com maior valor de marca do mundo e possui diversos modelos de bolsas clássicas e atemporais, que fazem sucesso entre mulheres de todo o mundo.

As peças são feitas para terem alta durabilidade e passam por diversos testes que garantem que elas vão se manter intactas por anos. Além disso, as bolsas LV são impermeáveis e à prova de fogo. Assim, ter uma bolsa Louis Vuitton é considerado um investimento em um produto que irá ter uma longa vida útil.

Louis Vuitton e o combate contra a falsificação

Os modelos de bolsa Louis Vuitton são os mais falsificados do mundo. A marca gasta anualmente cerca de 15 milhões de euros para evitar falsificações.

A Louis Vuitton é reconhecida por diversos modelos clássicos e atemporais, que se tornaram objetos de desejo e fazem parte do guarda-roupa das fashionistas de todo o mundo. Entre os modelos clássicos da marca estão a Neverfull, Speedy, Alma e Saumur.

Além das bolsas e malas, que são seus principais produtos, a maison também comercializa roupas, acessórios, joias e entre outros produtos, que sempre contém seu monograma.

  Banner frete grátis Etiqueta Única  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here