Aquazzura – DNA latino, Espírito Italiano

Capa do post sobre a marca de sapatos Aquazzura
  banner ação black friday 2020  

A Aquazzura é uma das mais inovadoras grifes de calçados no universo da moda atual. Criada pelo colombiano Edgardo Osorio, a marca possui fortes inspirações na sapataria italiana. Não por acaso, sua sede fica na cidade de Florença, onde o estilista mora atualmente.

No mundo de Edgardo, não há meio-termo. A Aquazzura possui uma identidade bem demarcada, com tons fortes e sempre explorando as estampas da moda. Os saltos, por sua vez, são grossos ou finíssimos.  

Suas peças são verdadeiras joias, que encantam desde nobres europeias a celebridades como Jennifer Lawrence, Gwyneth Paltrow, Charlize Theron e as cantoras Rihanna e Beyoncé.

Saiba mais a seguir a respeito do crescimento dessa grife, que surgiu apenas há poucos anos no mercado fashion mas que já faz a cabeça das mulheres de gosto mais apurado.  

Como surgiu a Aquazzura

Edgardo é nascido na Colômbia, e foi criado entre Miami e Londres. Estudou na London College of Fashion e na Central Saint Martins. No início de sua carreira, trabalhou com equipes poderosas, como Cavalli, René Caovilla, Ferragamo e Sigerson Morrison.

Lançou sua marca própria em 2011, indo na contramão do que muitos estilistas geralmente optam por fazer, dando seus próprios nomes as suas marcas. Edgardo batizou seu negócio com o nome de Aquazzura, palavra que em português significa “água azul”, remetendo ao estilo de vida despreocupado da costa italiana. Essa leveza acaba transparecendo também no design de algumas das suas peças.

A sede da empresa fica no Palazzo Corsini, na cidade italiana de Florença. Com seu design arrojado, o estilista logo começou a acumular prêmios, e hoje tem seus sapatos vendidos em 48 países, com apenas sete anos no mercado da moda.

Em 2015, a marca de Salvatore Ferragamo escalou seu ex-pupilo para lançar uma coleção-cápsula, na qual Edgardo assinou 12 modelos, feitos com materiais como couro, napa e corda, marcados por detalhes decorativos como laços, pedras, rendas e penas. A parceria foi feita em comemoração aos 100 anos da marca, algo que até então nunca tinha ocorrido dentro da grife centenária.

O estilo Aquazzura

Algumas das responsáveis por essa ascensão tão rápida da marca criada pelo estilista latino são as botas Sexy Thing, por exemplo, com recortes em forma de gota, e as sandálias Wild Thing, com tiras superfinas, amarração no tornozelo e franjas excêntricas.

Segundo Edgardo, o modelo Wild Thing é muito popular entre jovens que buscam seu primeiro salto. Para o designer, o primeiro sapato de salto de alguém deve ser uma peça versátil, que possa ser usada em várias ocasiões. Para ele, esse ícone Aquazzura é a escolha ideal pelas suas franjas divertidas.

Há também a charmosa rasteirinha Christy, feita com delicados fios que envolvem o peito do pé e o tornozelo.  

Outro clássico da grife é a flat Belgravia, com tiras em zigue-zague, que dá um toque de bailarina ao look. Além dela, há também as espadrilhes Belgravia, com estampas coloridas das Wayuus, tipo de bolsa muito famoso na Colômbia. As influências do país de origem do estilista vez ou outra aparecem nas coleções da Aquazzura.

Conforto em primeiro lugar

O principal fator pelo sucesso da marca provavelmente seja a preocupação de Edgardo em criar modelos confortáveis para as suas clientes.

No início de sua carreira, quando trabalhou na Ferragamo, o colombiano aprendeu que a anatomia é uma das principais questões a serem priorizadas no ramo de calçados. “Crio sapatos que permitem que minhas amigas dancem duas horas seguidas, sem que sintam dor nos pés”, disse ele em entrevista à Vogue Brasil.

Para ele, o conforto é um fator crucial, que vem logo em seguida do desejo pela peça. “Se o sapato já começar a incomodar na hora da prova, não vale a pena levar”, indica o estilista.

A paixão de Meghan Markle

O estilo e irreverência da grife caíram rapidamente no gosto de diversas famosas ao redor do mundo.

Uma delas é Meghan Markle, a Duquesa de Sussex, que nutre um grande amor pelas peças Aquazzura. A marca de sapatos italiana já calçou a nobre em diversos eventos oficiais, e em especial três ocasiões muito importantes: no anúncio do noivado, na festa de casamento e na garden party do aniversário do Príncipe Charles, em Buckingham.

A marca possui uma coleção bridal incrível, que conta com modelos brancos, dourados e nudes, como os que Meghan usou em seu noivado e na garden party.

O modelo Deneuve é o preferido de Meghan Markle, e tem um lacinho no calcanhar que pode ser moldado e deixar o look mais despojado.

Que grife não gostaria de ter uma cliente encantadora dessas, não é?!

Polêmica com Ivanka Trump

Em 2016, a Aquazzura acusou a marca Ivanka Trump de contrafacção e concorrência desleal, por terem produzido um par de sapatos igual a um dos seus modelos mais icônicos. A peça protagonista dessa polêmica foram as sandálias Wild Thing.

A primeira na foto seria a da marca Aquazzura. A segunda, segundo a grife, seria o plágio
A primeira na foto seria a da marca Aquazzura. A segunda, segundo a grife, seria o plágio

A marca acusada comercializa roupas e acessórios, e é propriedade de Marc Fisher e da filha mais velha de Donald Trump, Ivanka Trump.

Um representante da marca italiana alegou na época que praticamente todos os detalhes das Wild Thing haviam sido copiados pela peça de Ivanka Trump, foi batizada de Hettie. Desde o formato e silhueta da sandália até o salto e as franjas que cobrem os dedos dos pés, de fato há muito em comum entre as duas peças.

Ivanka Trump
Ivanka Trump

A queixa foi apresentada no tribunal de Manhattan, e os queixosos afirmaram que essa não teria sido a primeira vez que a marca da filha de Donald Trump copiou um modelo Aquazzura. Na situação anterior o modelo de Ivanka Trump havia deixado de circular.

Dessa vez, os responsáveis pela marca italiana solicitaram uma ordem de proibição da venda e distribuição da Hettie e também uma indenização.

O modelo Wild Thing é um dos maiores sucessos de vendas da Aquazzura, impulsionado por estrelas como Jamie Chung, Solange Knowles e Kendal Jenner. Nos Estados Unidos, o modelo Wild Thing é vendido a 785 dólares, enquanto que o modelo Hettie custava 145 dólares.

Na época da polêmica, Matthew Burris, diretor financeiro de Marc Fisher, alegou que a ação não tinha fundamento, e que a Aquazzura estaria visando sua própria publicidade em cima da situação. Ele teria explicado que “o sapato em questão é uma tendência de moda e não está sujeito à proteção do direito de propriedade. Há outros modelos semelhantes de outras marcas, por isso o processo não faz sentido.

Parceria com Claudia Schiffer

Depois de voltar à passarela para a Versace durante a Semana de Moda de Milão de 2017, a modelo Claudia Schiffer ainda teve a oportunidade de dar as cartas como designer dentro do mundo da moda.

Em 2017, a marca de Edgardo Osorio fez uma parceria com a topmodel alemã. O resultado foi uma coleção-cápsula criada a quatro mãos, que alcançou imenso sucesso de venda em todas as unidades Aquazzura.

A coleção era composta por oito modelos de calçados inspirados nos favoritos da top model, de acordo com o seu lifestyle. O resultado incluía botas boho e flats elegantes, além dos clássicos saltos decorados. Super completa, a linha foi pensada para contemplar tanto o dia a dia quanto a noite das fãs de Aquazzura, com modelos mais casuais e outros mais elegantes.

Essa colaboração foi lançada como uma forma de celebração dos 30 anos de carreira de Schiffer. Depois de décadas de experiência nas passarelas, poucas pessoas teriam tamanha conhecimento e bom gosto para compartilhar através de um trabalho tão apurado.

Além disso, a modelo ícone dos anos 90 lançou também, na época, um livro e uma linha de maquiagem em comemoração às três décadas na passarela.  

Sobre a parceria com a topmodel, o estilista disse que:

“Claudia não só é uma das mulheres mais icônicas do mundo como depois de tantos anos trabalhando nessa indústria também tem um olho incrível para moda”.

O resultado foi muito satisfatório.

“Foi muito emocionante trabalharmos juntos para criar um perfeito guarda-roupas de sapatos que ambos amamos”,

afirmou o designer, que possui um olhar apurado para parcerias de sucesso. A aliança feita com Schiffer foi uma das mais marcantes para a marca, uma vez que ela é uma espécie de musa para Edgardo.

Em entrevista à Footwear News, Schiffer revelou que a colaboração surgiu de uma maneira muito orgânica e natural.  

Batizada de Claudia Schiffer for AQUAZZURA, a parceria foi apresentada oficialmente durante a última semana de moda parisiense. Os modelos-desejo foram disponibilizados para venda através de prateleiras físicas e virtuais de revendedores como Net-a-porter e Saks Fifth Avenue.

Primeira loja no Brasil

A primeira loja no Brasil do estilista Edgardo Osorio foi lançada no dia 22 de outubro de 2018. O luxuoso shopping paulistano Cidade Jardim foi o escolhido para acolher a marca italiana. Essa é a primeira loja da Aquazzura na América do Sul.

Com modelos superconfortáveis, coloridos e elegantes, a marca desembarcou em terras paulistanas para conquistar de vez o coração das brasileiras. “Temos uma importante base de consumidores brasileiros, abrir uma butique no País foi um passo natural”, diz Edgardo.

Um dos fatores mais interessantes acerca da Aquazzura para além dos seus modelos apaixonantes é que cada loja da grife possui um projeto de decoração personalizado, baseado nos elementos culturais do país em que é instalada.

A loja de Nova York, por exemplo, combina tons dourados com colunas e arcos em preto e branco, fazendo uma referência clara aos detalhes internos da catedral Santa Maria Novella, em Florença.

A loja de São Paulo conta com painéis de madeira e papéis de parede com elementos da Amazônia. As listras pretas e brancas, marca registrada da grife, também estão presentes. Até o fim do ano a unidade deve receber os pares da coleção de resort 2019.

  banner ação black friday 2020  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here